5 boas práticas para o sucesso da gestão escolar

5 boas práticas para o sucesso da gestão escolar

Uma escola de qualidade está diretamente relacionada a uma boa gestão escolar. Uma instituição de ensino com profissionais que consigam ajudar na formação, desenvolvimento de habilidades e novos conhecimentos é essencial. Por isso, confira abaixo 5 boas práticas para o sucesso da gestão escolar.

Coordenadores de turno

Optar por coordenadores de turno é uma boa forma de solucionar imprevistos na instituição. Entre membros da equipe, escolha professores para também trabalharem como coordenadores de turno. Entre suas atividades estão a resolução de conflitos e preparação de espaços para atividades eventuais.

Também crie os cargos de dois vice-diretores para trabalhar em diferentes turnos cuidando do planejamento de projetos, fazer contato com família e da supervisão docente. Os coordenadores de turno ajudam questões a serem resolvidas de maneira mais simples e apenas os problemas mais graves que forem identificados que são levados à direção.

Uma vez por semana, toda a equipe pode fazer reunião para discutir eventuais problemas e suas soluções. As reuniões são vantajosas por permitir que todas as ações da escola sejam constantemente repensadas e melhoradas e a autonomia que os coordenadores de turno possuem impedem que possíveis problemas atrapalhem o dia a dia escolar. Mas é importante lembrar que isso não exime as responsabilidades diárias do diretor.

Administração e burocracia descentralizadas na gestão escolar

A prática de uma administração e burocracia descentralizadas consiste em fazer com que o diretor e seu vice tenham autonomia para assinar documentos e tomar decisões sobre o planejamento escolar. A ação é contratar profissionais para fazer parte da equipe e cuidar de detalhes como instalação local, finanças, organização de matrículas, documentos etc.

Sem tirar as obrigações do diretor de orientar todo o trabalho e supervisionar o que está sendo feito, questões burocráticas e administrativas devem ser dadas a profissionais com a autonomia necessária. Para que todas as ações sejam supervisionadas corretamente, vale criar relatórios, questionários e indicadores.

Equipe gestora pequena

Uma equipe gestora pequena torna mais fácil a divisão de tarefas e deixa o fluxo de informações mais contínuo. Cada membro da equipe pode ter uma função bem específica e focar em suas ações, além de facilitar o processo de tomada de decisões. Encontros mensais podem ser realizados para avaliação constante das ações pedagógicas, incluindo também a participação de professores e funcionários junto aos gestores.

[intrigger scenario=”9590″]

Estrutura para atender em tempo integral

Contratar profissionais para dar suporte para a escola em tempo integral também é uma boa prática. Coordenadores de apoio podem ser contratados para supervisionar fatores como atraso de aluno ou atuar como professores eventuais, mesmo sem integrar a equipe gestora.

Se o diretor deixa os assuntos administrativos da escola sob cuidados de um coordenador de finanças, ele pode se ater apenas à gestão de aprendizagem e deixar o trabalho mais focado. Já orientadores educacionais podem ajudar problemas mais graves de indisciplina. Mas os assuntos burocráticos nunca devem ser deixados de lado e quem ficar responsável por ele deve participar dos encontros de planejamento da escola.

Boa relação entre escola e comunidade

Um diretor que sabe se articular entre os alunos é importante, mas também é essencial fazer isso entre a escola e a comunidade. Além de receber bem alunos, a escola deve conversar com os familiares e ouvir suas opiniões. Reuniões bimestrais são uma boa prática para que diferentes opiniões ajudem a elaborar o projeto pedagógico.

Capacitar os professores para saber lidar e trabalhar com possíveis dificuldades dos alunos também é uma boa prática, pois a relação deve ser boa entre todas as partes: funcionários, famílias e alunos. Com o trabalho de orientadores para resolver problemas cotidianos, é necessário comunicar os pais que outros funcionários além do diretor podem fazer atendimento a eles e aos alunos.

Conseguir criar uma equipe capacitada e entrosada, reuniões constantes para pesar o que está dando certo e o que precisa ser melhorado e, principalmente, saber criar um bom ambiente de trabalho também são chave para o sucesso da gestão escolar.

Para garantir o sucesso da sua gestão escolar, acesse nosso site e conheça nosso sistema para integrar às demais atividades citadas. Até mais!

Compartilhe agora!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Últimos Artigos

Sua mensagem foi enviada com Sucesso!

Fique tranquilo! A gente vai te responder rapidinho! Muito obrigado :D