4 principais relatórios financeiros para sua escola

relatórios financeiros

Você utiliza relatórios financeiros na sua escola? Trata-se de uma ferramenta de grande importância para manter uma gestão saudável e eficiente. Cuidar das finanças da sua instituição de ensino é tão importante quanto dedicar-se à parte pedagógica e ao controle administrativo, então é preciso contar com relatórios que ajudem a manter esse controle.

Com base nesses documentos você consegue ter uma ideia da situação geral da sua escola e planejar as ações e os investimentos futuros, de modo a evitar dívidas e otimizar as atividades operacionais — o que tende a contribuir para o crescimento em termos gerais.

Se você deseja fazer um melhor controle financeiro da sua escola, mas simplesmente não sabe por onde começar, continue a leitura deste post. Selecionamos informações importantes sobre os relatórios financeiros que podem ser utilizados.

4 principais relatórios financeiros e como usá-los

1. DRE

DRE (Demonstração de Resultados) é um documento que deve ser preenchido mensalmente. Nele estão incluídas as receitas do período, as despesas e os resultados que foram gerados a partir dessa relação e dos investimentos realizados.

Com essa análise o gestor escolar consegue planejar melhor o futuro, já que visualiza dados como a quantidade de matrículas necessárias e as medidas para reduzir índices de inadimplência que precisam ser tomadas para manter-se em constante crescimento.

2. Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é algo que faz parte do dia a dia de toda empresa, independentemente de qual seja o seu porte ou segmento. Isso faz com que, muitas vezes, ele se torne algo tão natural que a necessidade de exercer controle sobre ele acabe passando despercebida.

Conhecer bem o seu fluxo de caixa significa que você sabe exatamente o valor total de entradas e saídas financeiras, o que permite ter uma base para planejar as ações dos próximos meses.

Planejar as compras e os investimentos com antecedência permite o acesso a melhores preços, oportunidades de negociação e combate aos desperdícios, visto que há tempo para identificar quais itens são realmente necessários. É dessa forma que a escola consegue um melhor aproveitamento do seu capital de giro e realiza ações mais eficazes.

3. Planejamento orçamentário

Diferentemente dos relatórios citados acima, o planejamento orçamentário pode manter uma periodicidade menor: é possível realizá-lo semestral ou anualmente. Essa ferramenta tem como foco as ações que podem ser tomadas a partir dos resultados observados.

Enquanto o DRE avalia os resultados provenientes da relação entre entradas e saídas, o planejamento orçamentário avalia a eficiência das ações tomadas a partir dessa relação. Sendo assim, é possível entender o que precisa ser modificado para o futuro, mantendo apenas atitudes que realmente geram bons resultados.

4. Contas a pagar e receber

Embora o quadro financeiro de uma escola pareça simples à primeira vista, é importante pensar que trata-se de um segmento com elevado número de contas a pagar e receber. São faturas de água, luz, telefone, internet, manutenção predial e impostos contra um controle rigoroso do recebimento das mensalidades dos alunos. Conhecer exatamente o valor de cada um desses itens permite projetá-los para mensurar a disponibilidade de recursos para o próximo exercício.

É claro que a eficiência dessa ferramenta depende também de outras ações, como medidas para controlar a inadimplência e o pagamento em dia dos encargos, a fim de evitar juros, multas ou mesmo problemas judiciais. Para organizar-se melhor, você pode agrupar as contas em subcategorias e disponibilizar um espaço para observações que permitem visualizar quantas parcelas a pagar ainda faltam (quando se trata de compras a prazo, por exemplo).

A importância dos relatórios financeiros

Para saber se houve crescimento na empresa, é importante realizar comparativos financeiros com os resultados do ano anterior. Tal ação só é possível a partir de algum modelo de relatório.

Até mesmo o relacionamento mantido com alunos e clientes em potencial pode ser considerado parte dos relatórios financeiros. Embora uma agenda de contatos pareça não agregar valor em um primeiro momento, a análise financeira pode permitir que se decida com mais consciência em quem vale a pena investir.

É necessário ter em mente que estamos inseridos em um mercado altamente competitivo e imediatista. Tal contexto exige a elaboração de estratégias a cada dia mais detalhadas para manter-se em crescimento. O primeiro passo para traçar essas ações é conhecer o real cenário da sua escola — daí a importância dos relatórios financeiros, que permitem o acesso a esses dados e a projeção do que é esperado para os exercícios futuros.

A tecnologia como aliada

Você já parou para pensar no quanto a tecnologia é importante até mesmo para algumas das nossas ações básicas do dia a dia? Quando o assunto é o controle financeiro da sua instituição de ensino, não poderia ser diferente.

O lançamento de dados para a emissão dos relatórios se torna mais eficaz quando contamos com sistemas de gestão escolar. Nas secretarias escolares, ainda perde-se muito tempo com a emissão de documentos manuais, sem contar a quantidade de impressos, que configura uma verdadeira agressão ao meio ambiente.

Além disso, quando o dinheiro passa nas mãos de muitos colaboradores e departamentos, os riscos de fraudes e desvios são aumentados. Um sistema que permite o acompanhamento de recursos desde o momento em que eles entram na instituição diminui as possibilidades desse tipo de ocorrência.

Quando o assunto é contato com clientes em potencial, essa parte também pode ser automatizada. Com um controle de contatos e resultados é possível classificar em que parte do funil de vendas cada pessoa se encontra e fazer a abordagem correta.

O sistema Escolaweb é a ferramenta ideal para realizar esse controle. Ele permite análises dos índices de inadimplência e gerenciamento de dados de pagamentos e recebimentos de modo geral.

Também há um recurso que se chama boleto fácil. A partir dele, é possível gerar um boleto e enviá-lo para registro em banco. Todos os dias você recebe um arquivo do banco com a atualização dos títulos recebidos. A partir daí, eles podem ser baixados no sistema interno da escola.

Como você pôde ver, os relatórios financeiros são ferramentas indispensáveis para manter as contas em dia, reduzir a inadimplência e investir com mais clareza em busca de resultados reais.

Se você entende essa importância e está em busca de ferramentas para implantar esses relatórios, entre em contato conosco e conheça as nossas soluções.

Compartilhe agora!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Últimos Artigos

Sua mensagem foi enviada com Sucesso!

Fique tranquilo! A gente vai te responder rapidinho! Muito obrigado :D